Europa não deveria controlar o FMI

O rei está morto; longa vida à rainha. Dominique Strauss-Kahn, o francês outrora diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI) nem havia renunciado e os europeus já começavam a se reunir em torno de Christine Lagarde, ministra das Finanças da França. Morreram as promessas passadas de um processo de escolha aberto. Os europeus insistem no princípio nós temos, nós mantemos. O “ancien régime” sobrevive.

Íntegra: Artigo 75 – 25 – 05 -11

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: