Governo quer investigar inflação de serviços

Intrigado com o comportamento da inflação de serviços, que desde 2005 vem subindo bem acima da variação média do IPCA, o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, sugeriu ao ministro do Desenvolvimento, Fernando Pimentel, que esmiuçasse esse setor para identificar se há algo a fazer do lado da oferta. Em 2010 o IPCA fechou em 5,9%, enquanto os preços dos serviços no índice aumentaram 7,62%. No auge da crise global, em 2009, a variação do IPCA foi de 4,3%, e a dos serviços, 6,37%. Para 2011 a expectativa não é diferente, o que torna mais difícil o controle da inflação e sua convergência para o centro da meta de 4,5% (que deverá ocorrer só no próximo ano). Pimentel é o ministro que tem sob sua pasta os três setores – indústria, comércio e serviços – e um estudo mais acurado desse último poderia encontrar, por exemplo, restrições de oferta, barreiras de entrada em determinados segmentos ou problemas de regulação, onde o governo possa agir abrindo mais o mercado.

Íntegra: Artigo 55 – 04 – 02 -11

 

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: