Os riscos de se antecipar o aperto fiscal

A melhor política é adotar medidas que sustentem forte crescimento da demanda no curto prazo e contenha os enormes déficits no longo prazo. Mais uma vez ouvimos os brados da velha religião econômica: arrependa-se antes que seja tarde demais, o salário do pecado fiscal é a morte. Mas, será este o momento para medidas de austeridade? Eu duvido. No mínimo, temos de reconhecer os riscos: atraso na contenção de gastos cria um perigo de inflação e até mesmo de inadimplência; contenção prematura traz a ameaça de recessão e até de deflação, como argumentei na semana passada. Tendo por pouco sobrevivido ao maior colapso financeiro da história, precisamos entender que esses riscos adversos são graves.

Leia o resto aqui: Artigo 9 – 16- 06 -10

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: